terça-feira, 2 de agosto de 2011

sensações..


Sabe quando tudo ta começando a da certo, você esta começando a tomar um rumo na sua vida que antes você achava que não havia mais nem sentido, encontra amigos novos, realmente seleciona quem são os seus verdadeiros amigos e os seus colegas para sair e que estão com você na hora que convém para eles e não para você. Então você esta começando a se acostumar com tudo isso novo em sua vida, uma pessoa bacana ao seu lado, amigos novos, tudo dando certo; mas de uma hora para outra vêem um vendaval que muda tudo isso, não só uma dessas coisas que esta lhe fazendo feliz mais todas elas, você ver que quem você achava que era seu amigo não é realmente, tudo começa a desmoronar encima de você e você tem só uma coisa que te sustenta, que é sua base.
Essa sua base é saber que você tem um companheiro (a) que esta ali ao seu lado te apoiando nas horas boas e ruins que você esta passando, principalmente nas dificuldades. Alem de tudo essa pessoa te compreende, faz você rir todo o tempo que está junto, fala que não vai se cansar de você. Com tudo isso você tem apenas esse equilíbrio, mas o passado que você acha que é passado aparece de uma hora para outra te dando força, calma e segurança quando você acha que é o fim de tudo.
Você tenta estabelecer em seu equilíbrio. Mais algo mais forte do que você põem essas duas coisas na balança fazendo com que você sinta sensações estranhas assim possamos dizer.
Se essa balança que foi colocada fosse uma balança normal pesaria mais o que é melhor, que te faz bem, que não te troca por coisas fúteis, não te esconde, nem mesmo não sabe o que realmente quer, mas essa balança chama coração e razão. Ai fica a grande duvida e o grande sentimento misturado com as lembranças e as emoções que foram vividas e são vividas até hoje, fazendo com que você não consiga distinguir nem balancear essas emoções ou podemos dizer o melhor ou pior.
E essa duvida, ou sentimentos iguais mais na mesma hora diferentes que é pelo o seu equilíbrio e o seu passado ficam misturados e juntos.. E a gente perdida entre eles!


Lygia Lopes Dutra

Nenhum comentário:

Postar um comentário